João Bon de Sousa

Sobre o mentor • Disponível

Engenharia | Gestão de Negócio

Depois de mais de 30 anos de vida profissional nas áreas de IT como técnico, gestor de projetos, gestor de negócio, empresário e empreendedor, considero que posso ajudar a nova geração de empresários a melhor perceber o que são as preocupações do negócio de IT, qual deve ser o papel de uma empresa de IT e sobretudo o que perturba o sono de um gestor de IT. Iniciei a minha vida profissional numa multinacional americana quando a computação era assegurada por sistemas de médio porte e onde a maior preocupação era a gestão comercial e contabilística do negócio. O IT nessa altura não era mais do que uma ferramenta de controlo e processamento de dados de negócio onde o grande objetivo era substituir o trabalho braçal e evitar tanto quanto possível o erro humano. Evolui para uma multinacional alemã que tirando partido da tecnologia, inovou na forma de fazer negócio através da automação dos processos de atendimento a clientes e na automatização da identificação de tratamento de produtos. Nessa minha experiência, percebi que a tecnologia mais do que uma forma rápida de fazer aquilo que o homem já fazia, permitia alterar a forma de fazer negócio introduzindo princípios que o homem não podia fazer. É exemplo disso a introdução dos códigos de barras, a ligação de meios de medição a sistemas de faturação e mais tarde a introdução de meios automáticos de pagamentos. Foi nessa época que nasceu a era das telecomunicações e que a intercomunicação permitiu um novo passo na vida das empresas de IT. O meu próximo passo foi muito ligado ao fascinante mundo financeiro onde mais que tudo a tecnologia é a génese do negócio. A era digital permitiu que se substituísse o dinheiro físico por um conceito virtual de transporte e acesso permanente áquilo que até à altura era completamente físico. Foi aí que a tecnologia tomou se tornou o centro do negócio e que por vezes obrigou a que o negócio passasse a ser o sponsor do seu desenvolvimento. Olhando para o passado, o tempo inverteu as prioridades e aquilo que nasceu para servir o negócio, passou a ser, por vezes, a maior fatia para o qual o negócio existia. Nesta minha nova fase da vida profissional, a minha maior preocupação é a de voltar a repor a verdade e a razão dos negócios e ajudar empresas e pessoas a tirar partido da tecnologia de forma a facilitar a vida de pessoas e aportar valor às organizações. Neste momento e depois de 14 anos numa das maiores multinacionais do mundo, onde aprendi quase tudo o que sei, voltei a enveredar por uma vida de empreendedor, criei uma boutique de consultoria onde vou tentando mapear negócio em tecnologia e ajudar os meus clientes a tirar o máximo partido do que a tecnologia pode dar em prol dos seus negócios.

João Bon de Sousa

Cargo actual:

Gestor de empresas - Partner na Thinkland - Consultoria e Inovação SA

Localização:

Lisboa

Redes sociais

Solicitar Mentoria

* Campos obrigatórios

Loading
Ativar Portugal Startups

Como funciona a mentoria

Cada mentor disponibiliza mensalmente uma parte do seu tempo a dedicar às Startups que fazem parte do programa Ativar Portugal.

Ao requisitar mentoria, “reserva-se”, mediante aprovação, a disponibilidade do mentor em questão para acompanhar a sua Startup. A data e o horário para uma primeira sessão introdutória serão definidos de acordo com a disponibilidade de ambas as partes. A justificação do pedido deve ir de encontro às necessidades da Startup e às competências do mentor.

Caso encontre alguma dúvida relativamente a este processo não hesite em contactar a equipa do Ativar Portugal.

Saber mais

Ativar Portugal Startups

Parceiros:

ACIEP Portugal Global Associação Portuguesa Business Angels Beta-i Caixa Capital DNA Cascais Espirito Santo Ventures Faber Ventures Fábrica de Startups IPN Incubadora Portugal Ventures Startup Braga Startup Lisboa Startup Pirates UPTEC
Voltar ao topo